vídeos

Loading...

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Você é vaca de presépio?



Vai chegando o Natal e começo a lembrar da famosa vaca de presépio.Como tenho visto muitas pessoas assim ao meu redor,"parte" o meu coração ao ver e presenciar tais situações.Eu sei que todos sabem que o presépio nada mais é que um estábulo,uma estrebaria,temos referências bíblicas que remetem ao nascimento de Jesus num estábulo em Belém, na companhia de José e Maria.Conta a Bíblia que, depois de muito tempo à procura de um lugar para hospedar-se,o casal que se encontrava em viagem por motivo da contagem das crianças de toda a Galiléia,o casal e o menino Jesus tiveram que pernoitar numa cabana nas imediações de Belém. Então, Jesus nasceu numa manjedoura destinada a animais (vaca,burro e outros) ,ou seja,o presépio.E foi reconhecido, no momento do nascimento, por pastores da região, avisados por um anjo, e, dias mais tarde, por magos (ou reis) vindos do oriente, guiados por uma estrela, que ofereceram ouro, incenso e mirra ao recém-nascido.Segundo a história, estes acontecimentos ocorreram no tempo do rei Herodes, que teria mandado matar todas as crianças por medo de perder o seu trono para o futuro rei dos judeus.Um costume de Natal tornou-se costume em várias culturas, montar um presépio quando é chegada a época de Natal.
Antigamente nas igrejas, em cima da caixa de esmolas dos pobres havia um presépio, quando uma pessoa colocava uma moedinha, a vaquinha do presépio agradecia, abaixando a cabeça num gesto semelhante a um “sim”.
Hoje temos visto as grandes massas do povo evangélico semelhante a um presépio, pessoas de fácil manipulação.Não examinam as escrituras,não buscam crescer na graça e no conhecimento, mas perecem por falta de conhecimento como diz as escrituras sagradas.Não sei se é culpa dos líderes mal intencionados ou se a maioria do povo cristão não conhece,sendo assim facilmente influenciado por essa liderança.
Quando digo liderança, quero me referir aos pastores,ministros,pregadores etc.
Alguns condicionam as massas em proveito próprio, digo alguns para não assustar,mas gostaria de dizer que é a grande maioria.
Escrevo esse artigo porque vi e vejo isso na prática, vivenciei muitos fatos que me intrigam até hoje, e na época sempre me pronunciei contra, por isso sempre fui muito contestado.
Os pastores chegam para seus liderados e impõem uma visão, todos deveriam analisar e ver se realmente é de Deus, se é para o bem do coletivo, da comunidade,porque se for algo que beneficie só alguns já não é tão benéfica essa visão,sai do foco, partindo do princípio que a igreja é uma família.
A vaquinha de presépio é assim, só balança a cabeça concordando, nunca contesta, não confronta e não critica.Conheço tantas assim...
Não estou dizendo que é para as ovelhas,os liderados se revoltarem contra seus líderes,não!Nunca! Mas discutir o fato sempre!Não é porque eles são os líderes que não podemos nos pronunciar,analisar e conversar com eles, não é porque eles são os líderes que eles são os donos da verdade e o que vale é o que eles determinam.
Chega da manipulação as massas! Vamos em busca do conhecimento para não sermos enganados ou persuadidos.
Não me levem a mal,mas vou continuar a analisar tais fatos dentro das igrejas, como faço sempre.Seguir a maioria? Não para mim, porque não sou massa de manobra, nem vaca de presépio.
Enfim,dos personagens do presépio a vaquinha é um dos que passam-se mais desapercebidos,portando quando uma pessoa tem uma participação quase nula,não opina em nada, não se pronuncia ou não é lembrado, não esqueça ela  até aparece, afinal você faz parte do presépio,mas não é notado.Pense nisso, você é uma vaquinha de presépio?